top of page
  • Foto do escritorDuarte Dionísio

Decayed - "Nockthurnaal"

Atualizado: 27 de jan. de 2021

Ataque noturno

Decayed - "Nockthurnaal"

Lançamento: 2001

Sonoridade: Black Metal

Editora: Drakkar Productions, DK CD 015

Produção: Decayed

Capa: JA

Formato: CD

Lista de músicas:

1 - Black Metal Onslaught

2 - Infernal Hordes

3 - Queen Of Hades

4 - The Haunting

5 - Crucifixion

6 - Hell-Witch

7 - Decayed (The Heretic)

8 - Chamas Negras

9 - Satan's Curse (written by Possessed)

10 - Na 13ª Lua Cheia

11 - Burning The Priest

12 - Pentagram In Blood

13 - Through Endless Forest

Os Decayed são o santuário do Black Metal nacional. JA (Zé para os amigos) é o sacerdote negro que ministra o asilo sagrado e inviolável onde expressa a sua alma. Agora que este ponto está esclarecido, quero ainda referir que a escolha de “Nockthurnaal foi algo aleatória. São muitas as contribuições da banda para o repertório metálico nacional, mas esta edição de 2001 é quase que um juntar de filhos esquecidos, composições espalhadas pelos anos. Para além disso a capa é uma ode… à Lua!

Fazendo um exercício mental, pensando neste “Nockthurnaal” como um ato único, sem trazer para a equação uma carreira com décadas a produzir ataques sonoros, fica a ideia de um conjunto de músicas escritas na penumbra à luz das chamas que consomem incautos no Inferno. O som é cru, mas condimentado pela mente criativa do JA. A receita Black Metal é conhecida – decadência, sangue, simbologia satânica, algum erotismo negro, anticristianismo, guitarra em permanente massacre auditivo, vozes de morte, baixo demolidor e bateria que mantém tudo no lugar certo, é pena ser uma máquina, mas cumpre. Há aqui e ali alguns riffs que lembram uns Samael dos primeiros tempos e Bathory vem à mente na turbulência da viagem pelo álbum. Pelo meio há uma estação para reabastecimento com combustível dos Possessed (“Satan’s Curse”). Entre o caos sonoro, músicas mid-tempo e outras em que o ritmo abranda para nos brindar com feitiços à Lua e florestas negras (“Hell-Witch”, “Na 13ª Lua Cheia”). Há também um pacto com os fãs em (“Decayed (The Heretic)”). Só para referir algumas das músicas. No geral são riffs simples, crus e honestos, por vezes repetitivos. Um álbum de uma banda marcante.


Fotos: “DR”

Músicos (da esquerda para a direita):

JM – Voz e Baixo

JA - Guitarra, FX e Gritos


103 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page